a Poesia da Igualdade . : . [Lutas, Violência e Sociedade, como Caminharmos?]

Atenção: Eu sei que a Verdade não pode ser reduzida, bem como nem mesmo seus três pilares: ciência, religião e arte, a uma explanação ou texto, por mais longo que seja. Nada do que se diz aqui pretende ser Teoria de saúde, comportamental, científica, filosófica etc., mas, antes, intenciona-se Poetizar uma Prática (uma possibilidade de [...]

Poetizando a Meditação . : . a Arte de Imaginar

Eis eu que chego. Não para contar história de ontem, nem de amanhã, mas de hoje mesmo. Sim, porque nada do passado trarei à tona, contudo, contarei as pérolas, revelarei concha por concha, e explicarei como tudo isso um dia também foi areia. Assim como eu e você, cada pedaço do que é belo se [...]

Guerras e Pandemias e a futura presentificação pelo Amor e pela Cura [uma visão Cristã e Astrológica]

O ódio (proveniente de Marte) e o medo (proveniente de Saturno) são rasos, fazem parte da temporalidade de um estar usando dessas forças (ambos os planetas) de maneira deformada, “por isso” o ódio e o medo se estendem pela História com poucas mudanças de conteúdo (o Ser) e na adoção de qualquer forma (o Estar) que se fixa como aparência – [...]

O que é Ser uma Palavra Viva?

Quando pensamos sobre as palavras, ainda mais para quem é orador ou escreve, surge vez ou outra a questão: como tornar as palavras vivas? E o que seria uma palavra viva? Olhando o avesso dessa pergunta, poderíamos nos perguntar da mesma forma: Existe Palavra morta? Existe alguma possibilidade de se matar palavras? Quando pensamos que [...]

Deus está morto realmente?

Deus está morto realmente? Nietzsche gritou a frase mundialmente conhecida: Deus está morto. Será? Quando observamos nosso processo de libertação de um antigo eu, ao fazermos exercícios espirituais, ao servirmos espiritualmente, ao criarmos espiritualmente e nos elevarmos pouco a pouco, sabemos que hábitos antigos vão sendo deixados, desejos perversos vão sendo purificados, pensamentos ruins vão [...]

Dou-me

Dai-me de teu Sol, meu Amor que em mim tudo brilha dai-me teus raios para que eu me mova com espanto e júbilo impregnando tudo com alegria. Dai-me tua Luz para que a terra seja menos fria presenteia-me com as cores do cristal fazendo-me receptáculo do espectro em sua inteireza. Dai-me de teu Amor para [...]

Curva Retilínea

Curva Retilínea Talvez tu quisesses, mas já não sei de teu querer pois o nosso arco, caso houvesse, neste momento se quebra e verga no oposto que críamos ir - para chegar ao Amor: tal qual flecha, precisávamos, em dois, partir. Eu aponto, e tu olhas o outro lado, admirando o braço que te apertou [...]