Lavramento

Mestre, hoje eu te chamo de boca cheia pois tenho espaço sobrando no coração, meu estômago da vida, com tecido que digere  tudo e me une ao mundo então peço, houve tempo de murmúrio ouve agora minhas preces. Conduz-me ao caminho das frutas que já sei dos tempos de sementes pois sob o sol quente [...]

Continue reading "Lavramento"

a Comum Idade e a Diversa Idade

Dedicado a Fernando! Comunidade. Eis uma palavra que tomo a liberdade de usar como brinquedo. Se pensamos nela como um duplo, com dois lados, tal qual moeda (para que de algo nos valha), qual seria seu avesso? Ou ainda, comunidade sendo ‘coroa’, qual palavra seria sua ‘cara’? Ao olharmos ela de perto nesse brincar, para [...]

Continue reading "a Comum Idade e a Diversa Idade"

o Coletivo e a Colheita

Dedicado a Marília. Coletivo significa 'colheita', 'colher junto'.   Uma colheita: imaginando um campo vasto, ele até pode ser colhido por uma pessoa, mas não faz sentido, podendo ter a ajuda de várias. Contudo, para se colher, é preciso dividir o terreno - quem colhe cana, por exemplo, sabe que o trabalho é por metragem, [...]

Continue reading "o Coletivo e a Colheita"

a Poesia da Igualdade . : . [Lutas, Violência e Sociedade, como Caminharmos?]

Atenção: Eu sei que a Verdade não pode ser reduzida, bem como nem mesmo seus três pilares: ciência, religião e arte, a uma explanação ou texto, por mais longo que seja. Nada do que se diz aqui pretende ser Teoria de saúde, comportamental, científica, filosófica etc., mas, antes, intenciona-se Poetizar uma Prática (uma possibilidade de [...]

Continue reading "a Poesia da Igualdade . : . [Lutas, Violência e Sociedade, como Caminharmos?]"

Poetizando a Meditação . : . a Arte de Imaginar

Eis eu que chego. Não para contar história de ontem, nem de amanhã, mas de hoje mesmo. Sim, porque nada do passado trarei à tona, contudo, contarei as pérolas, revelarei concha por concha, e explicarei como tudo isso um dia também foi areia. Assim como eu e você, cada pedaço do que é belo se [...]

Continue reading "Poetizando a Meditação . : . a Arte de Imaginar"

Guerras e Pandemias e a futura presentificação pelo Amor e pela Cura [uma visão Cristã e Astrológica]

O ódio (proveniente de Marte) e o medo (proveniente de Saturno) são rasos, fazem parte da temporalidade de um estar usando dessas forças (ambos os planetas) de maneira deformada, “por isso” o ódio e o medo se estendem pela História com poucas mudanças de conteúdo (o Ser) e na adoção de qualquer forma (o Estar) que se fixa como aparência – [...]

Continue reading "Guerras e Pandemias e a futura presentificação pelo Amor e pela Cura [uma visão Cristã e Astrológica]"

O que é Ser uma Palavra Viva?

Quando pensamos sobre as palavras, ainda mais para quem é orador ou escreve, surge vez ou outra a questão: como tornar as palavras vivas? E o que seria uma palavra viva? Olhando o avesso dessa pergunta, poderíamos nos perguntar da mesma forma: Existe Palavra morta? Existe alguma possibilidade de se matar palavras? Quando pensamos que [...]

Continue reading "O que é Ser uma Palavra Viva?"